Sujeira...

Advogado e ex-ministro da Justiça cobrou 15 milhões para defender Cachoeira
















O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos tem sido criticado por ter sido ministro e hoje advogar para Carlinhos Cachoeira.

Bastos cobrou R$ 15 milhões de Cachoeira para trabalhar em sua defesa. Durante a CPMI, Bastos ouviu por diversas vezes Cachoeira sendo chamado de bandido pelos parlamentares em rede nacional, mesmo assim continua defendendo Cachoeira com unhas e dentes.


Para alguns, o ex-ministro está cobrando milhões para repetir ao generoso cliente o mesmo conselho que deu a Lula, de graça, quando explodiu o escândalo do mensalão: fazer de conta que não sabe de nada, ficar sem voz quando alguém tocar no assunto e só abrir o bico daqui a alguns anos, para jurar que foi vítima da imprensa golpista e de gente que não se conforma com o progresso do Brasil. Bastos ainda tem a preocupação e o medo de  Cachoeira contar o que sabe e não livrar da cadeia os quadrilheiros federais que mantém em liberdade desde que transformou o Ministério da Justiça no Departamento de Socorro Jurídico aos Bandidos de Estimação do Governo.

Do blog: Só lembrando que os milhões cobrados pelo advogado que já represnetou o Brasil por quatro anos como ministro da justiça, é proviniente de dinheiro sujo. Esse é nosso Brasil!


Fonte: Blog: Jean Souza 
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...