Esquecer de Jesus!

Dizem-me que há sacerdotes tão atarefados com as obrigações desta vida, que se esquecem, muitas vezes, da outra.          Por: Humberto Pinho da Silva

O mesmo ocorre naqueles que se encontram perto do sagrado: a familiaridade, leva-os a olvidarem Cristo.                 

Escultura da foto de JesusEsquecer Jesus, sendo reprovável, é humano, já que Sua Mãe O esqueceu, também, no templo. Só que Maria, confiou no pai, e cristãos há, que desconfiando do Pai, 

confiam nos homens.

Perde-se Jesus, perdendo a fé, e perde-se, quantas vezes, na Igreja, porque há quem invoque o nome de Cristo, por orgulho.

Participa-se por vezes em Movimentos e funda-se obras de assistência, para honrar 

vaidades, e não a Deus.

Propósito igual, verifica-se nos políticos, e até em alguns ministros de Deus.

Não servem, mas servem-se do crente para alcançarem prestígio social.

Infelizmente, também, há “duplos” na Igreja. Oram no templo, mas não têm sentido cristão, na vida.


Neste caso o termo leigo, é sinónimo de ignorância, já que não entendem que para alcançarem a Vida, mister é levar o espírito do Evangelho à vida.

Acompanha, em alguns crentes, outro escândalo: a divisão dos cristãos. Escândalo que não provêm da separação – em certa medida, pode ser benéfico, – mas pensar que é senhor da Verdade, esquecendo que há outras Verdades, ainda que a Verdade seja uma.

Admiro-me que sendo Deus ou Alá, como dizem os irmãos da Arábia: Amor, os crentes, pelejem e odeiem-se. Como se Deus proclamasse: Odiai-vos uns aos outros…e não: Amai-vos uns aos outros.

Como pode o pagão acreditar no Senhor, com tais crentes?

Também na Igreja, se perde Cristo, se os fiéis seguem seus desejos e não a vontade de Dele.

Há manual de instrução, que não pode ser alterado, nem adulterado, que é a Bíblia. 

Livro que inclui os Evangelhos.

Os que A não seguirem deixam de ser discípulos.

Não há pareceres, apenas o ensino de Jesus, Filho do Altíssimo, é válido.

O Escândalo nasce em qualquer parte, mas se tem origem no templo, escandaliza o mundo e afronta o Céu, afastando descrentes do Caminho.

Pautar a conduta pelo Evangelho – ainda que, certas vezes, não seja fácil, – é a vereda correta para prosseguir a jornada até ao sono eterno.

Blogue luso-brasileiro: “PAZ”

Por: Humberto Pinho da Silva nasceu em Vila Nova de Gaia, Portugal, a 13 de Novembro de 1944. Frequentou o liceu Alexandre Herculano e o ICP (actual, Instituto Superior de Contabilidade e Administração). Em 1964 publicou, no semanário diocesano de Bragança, o primeiro conto, apadrinhado pelo Prof. Doutor Videira Pires. Tem colaboração espalhada pela imprensa portuguesa, brasileira, alemã, argentina, canadiana e USA, e foi redactor do jornal: “NG”.


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...