O inferno é aqui, bem abaixo dos nossos pés!



 Nas palavras de Danti Alighieri um grande escritor da Idade média, o inferno é nas entranhas (profundezas) da terra. Alighieri publicou uma das obras mais lidas em todo o mundo no séc: XIV, a Divina comédia dividida em três exemplares Inferno, Purgatório e Salvação que segundo ele autorizado por  “ser supremo” diz respeito aos mundos infernais ou  funil dos infernos entre elas a mais lida sem sombra de dúvida foi a primeira. É importante salientar que o povo Europeu passava por dificuldade extrema a Peste Negra; a avassaladora doença aterrorizava o continente  naquele período conturbado. Como foi lembrado por Brow, após o terror vivido pela  população local veio o período do Renascimento basicamente podemos dizer que para o homem subir ao Céu é necessário passar ao Purgatório.

 Por: Iram de Oliveira
A igreja Católica segundo Dan Brow deveria por deveras agradecer a autor acima já que após a publicação do best-seller  o temor toma conta da nação ao ponto das igrejas épicas encherem de fieis “pecadores”; a igreja baseado na obra “Dantesca” não perdeu tempo criou a palavra que   tudo tinha a ver com os sete pecados capitais, denominados por Saligia, expressão menmónica latina, inventada pelo Vaticano na Idade Média para lembrar aos cristãos os sete pecados capitais. Saligia é um acrônimo de superbia (soberba), avaritia (avareza), luxuria (luxúria), invidia (inveja), gula (gula), ira (ira) e acedia (preguiça).


Em todo caso ninguém, nenhum dos pecadores está livre de punição inclusive os nossos Políticos os seus cantinhos o aguardam. Dan Brawn em sua nova versão dos Tártaros (Inferno) em algum lugar de Florença-Itália  segundo ele viu em uma de suas visões, os pecadores enterrados até a cintura de pernas para cima, em local imundo e mal cheiroso no nível mais baixo Megabolge que significa  camadas infernais.


...Dissera ele que antes de encontrarmos o Satanás devemos passar pelas dez valas do Megabolge, nas quais são punidos os fraudulentos, aqueles culpados de más ações deliberadas. Descendo as valas uma a uma de cima para baixo veja bem, temos: os sedutores açoitados por demônios; os aduladores a deriva num mar de excrementos; os clérigos (Ministros da Igreja) oportunistas enterrados de cabeça para baixo até a cintura, com as pernas para o ar;  os feiticeiros com as cabeças torcidas para trás; os POLÍTICOS CORRUPTOS atolados em piche fervente; os hipócritas usando pesados mantos de chumbo; os ladrões picados por cobras; os conselheiros traidores consumidos pelo fogo; os semeadores de discórdia destroçados por demônios; e, por fim, os mentirosos, irreconhecíveis de tão deformados pela doença...


Quem sou eu para julgar  as ações e grandes obras terráqueas corruptivas politiqueiras do mundo moderno mas, façamos uma breve análise do momento atual, onde há uma enganação midiática propaganda dos que não fizeram quase nada pelos pobres cristãos, mais a mentira corre solta pelos meios de comunicação corruptoras das mentes “fracas”  alucinógenas pagas com o dinheiro sujo para esse fim. Em ano de eleições se inaugura de um tudo, regado a lagosta e caviar com Wiskie mais caros que possamos imaginar, festas toda paga com o dinheiro público recursos que são limitados e que deveria servir aos mais pobres, mais não, os donos do poder preferem a ostentação em detrimento do amparo da assistência  ao povo carente, infelizmente.


Deus está vendo.   

Rezemos: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome.
Venha a nós o Vosso Reino.
Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos daí hoje.
Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.
E não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal...
Jesus Cristo, Mateus, 6:9-13

Por: Iram de Oliveira, Geógrafo e dirigente sindical

    
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...