Na segunda-feira

Desde a antiguidade o trabalho está associado ao sofrimento, até o nome se origina de um instrumento de tortura, o que poderíamos esperar?
 Por: Bruno Teixeira
Toda vez é a mesma coisa, domingo, final de tarde e já começam as postagens no Facebook com a lamentação de que o dia seguinte será segunda-feira, que o final de semana passou como um raio e que mal pode-se esperar pela próxima sexta. Este tormento, conhecido como “Síndrome do Fantástico”, acompanha a maioria das pessoas, e isto ocorre por conta destas não entenderem o significado do que fazem e por conta disto os dias se arrastam até a “alegria” do final de semana.

Desde a antiguidade o trabalho está associado ao sofrimento, até o nome se origina de um instrumento de tortura, o que poderíamos esperar? Venho aqui trazer uma ótima notícia, não estamos mais na Idade Média, isso mesmo, já estamos no século 21, as coisas mudaram. Sabia que existem pessoas que amam a segunda-feira? Não, não são os cabeleireiros que não trabalham nesse dia, são pessoas engajadas com o que fazem, e estão bem onde quer que estejam, pessoas que curtem mais do que 28,57% da vida, pessoas que se acham importantes em todas as suas funções sociais.

As pessoas estão “condenadas” a trabalhar até o fim de suas vidas, portanto você jamais terá uma vida virtuosa se o seu trabalho for medíocre. Não podemos nos apegar a coisas como estabilidade, salário, comodidade, etc. Isto não trará felicidade, saia do sofá, pense fora da caixinha, busque uma nova carreira mesmo que pareça tarde, desenvolva um projeto que lhe de prazer, faça algo pelo qual você vai bater no peito e falar “Sabe aquilo? Fui eu que fiz!”, viva mais que um final de semana, busque viver todos os dias de sua vida, pois este é o maior privilégio que você pode ter, e tenha ciência de que se você optar por jogar este privilégio no lixo, terá que arcar com as drásticas consequências.

…e se você não sabe o que quer da vida e está desesperado por isso, termino com a seguinte frase: “Demore o tempo que for para decidir o que você quer da vida, e depois que decidir não recue ante nenhum pretexto, porque o mundo tentará te dissuadir.”Assim falou Zaratustra – Nietzsche.

Artigo publicado no site Administradores.com

Por: Bruno Teixeira é técnico em Recursos Humanos no Metrus Instituto de Seguridade Social, administrador do site www.opcaoestrategica.com, apaixonado por Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...