A arrogância faz mal...

           Iram de Oliveira
A arrogância danifica a imagem do homem/mulher, apesar de fazer parte da natureza humana, embora todos tenham algo nesse sentido muitos controlam dentro de si o malefício, mais em alguns casos basta dar poder ao sujeito qualquer que mostra logo quem é, ou não é verdade?  Muitos chefes de repartições públicas ou da privada mesmo se acham o tal só porque tem o poder de comando e outros até nem isso têm, apenas pelos simples fato de se achar melhor do que seus semelhantes, mais afirmamos que ninguém é mais do que ninguém  conforme a Santa Bíblia Sagrada todos são iguais e se ajoelharam perante o pai quando a hora certa chegar. Portanto para o indivíduo ter uma boa convivência na face da Terra é necessário vestir as sandálias da humildade, foi dado o recado mesmo sabendo que ser humilde não é para qualquer um ser vivente nesse mundo de Deus.
Pela nossa experiência de vida podemos dizer que na política a arrogância é sinal de derrota, já vimos muito já ganhou perder. Eu particularmente esse humilde escriba sou do tipo que não exalto de forma alguma uma pessoa ao ponto dela se achar a melhor, nada disso, posso até diante da competência de alguém dizer parabéns, podendo fazer elogios de maneira discreta e não fazendo com que ela(e) se sinta o dono da “cocada preta”  assim acreditamos que o homem ou mulher de certa forma sairá “danificado” flutuando nas estrelas e no final faz m...

Veja o caso de Rosalba/Carlos a pouco tempo atrás o casal era ovacionada (ela) a “estrela” por onde chegasse e foi agraciada pelo povo do RN com muitos votos ganhando do governador Iberê Ferreira de Souza que tentava a reeleição logo em primeiro turno, sendo que  D. Rosa tem no curriculum  três mandatos de Prefeita de Mossoró e Senadora Federal “batendo” nada menos do que do todo poderoso na época Fernando Bezerra empresário dono da ECOCIL e competente com trânsito livre no Planalto, é pouco ou quer mais? Passado três anos e meio de assumir o governo do Estado, volta e meia a dupla se tornam pessoa “indigesta” em primeiro instante para seus aliados depois  o povo Potiguar torce o nariz quando ouve falar no seu nome, por quê? Então, dizem quem  convive que o casal é razinza,  mal humorado, de perfil administrativo concentrador, arrogante etc. com todos esses adjetivos não poderia dar certo mesmo, digo que um dia a casa cai, veremos.
A arrogância é o reino - sem a coroa. (Texto Judaico)

Por: Iram de Oliveira, Geógrafo   
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...