Pensando bem, "com meus botões"

Fui menino garoto,  adolescente rapaz, pode até não parecer mais era belo, bonito, esbelte, corpo franzino malhado nesse tempo as meninas piravam, garotão ainda anos 1970-1980 pensava eu em mudar o mundo  . Hoje virei adulto homem “feito”, olho para mim para dentro e por fora, me vejo como mudei! Meu corpo já não é o mesmo de antes, os braços estão mais filetes as canelas afinaram algo que não entendo, é necessário mesmo? Mãos enrugando a cada dia que se passam rosto arredondado outro dia um amigo de outrora me chamou não sei por que de Fofão aquele personagem da TV. Elogiado por outras frentes xingado por alguns quem se  expressa em seus devaneios idiota é,  calado fico, pôs nada tenha sobre isso a dizer, magoado apenas... Quem se importa como isso, calejado estou eu a ficar. Barrigudo, cabeça maior cabelos grisalhos isso sim, o mais tudo bem. De garoto agitador, um Petista “doente” do meio sindical, atualmente não mais tanto assim, continuando estando com dúvidas por alguma ocorrência recentemente, muito mais difícil é saber a verdade depois do jogo de interesses que se pinta nos noticiários nacional, é uma b... Imagino ser PSOL, PC do B, PCO, PRO, PSTU etc. mais ontem mesmo me chamaram de bacurau, vê se pode! em todo caso, não pretendendo ser mais um militante para mim chega, pois bem, não ando querendo mais mudar o mundo percebi que é muito grande para mim, sei que as coisas foram acontecendo gradativamente depois disso pensava em mudar o Brasil, o Estado, minha cidade, a comunidade, meu lar, agora penso que a mudança pode ser Eu mesmo, em mim! As vezes choro, brigo, acalmo, fico pensando como meus botões e me pergunto, “Deus que fiz”? ao mesmo tempo sei que valeu a pena ontem já não tinha nada era um só e meus pais para me orientar em conjunto com a escola da vida e no ensinamento formal Universitária, aprendi e passei a ser também mais o orientador evidentemente principalmente que do meu lar, vencendo esse prazo pôs que mais próximo se aproxima. É isso.

Finalizando, ultimamente quando passei a confiar mais em Deus em minhas orações noturnas ainda vem um desgraçado de um sujeito que se diz ser um estudioso sei lá do que, considero um “louco”,  dizendo que Deus não existe!!! Em alerta, dessa vez passo a  acreditar com a maioria, Deus Proverá.  Paz, obrigado.

Por: Iram de Oliveira, Geógrafo

Você pode gostar de ler mais no folhacerta                  
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...