Educar em detrimento do objeto

Não sou psicólogo mais pela minha experiência de vida se é que vale! Creiamos que sim, posso dizer que existe regras sim para  criação dos filhos embora que, seja necessário usar regras diferenciadas para cada família, cada habitar etc. Em todo caso podemos afirmar que a melhor forma de socializar os rebentos é a educação sendo que em primeiro instante começa em casa, pós isso a educação no colegiado para uma devida e precisa formação do homem/mulher.

Pois bem, sem sombra de dúvida não se pode de imediato o pai/mãe dar tudo que o filhote quer, pede, deseja ter isso não, sendo que, a melhor forma de valorizar algo é conquistando com seu próprio esforço, com o suor derramado é mais prazeroso. Na sociedade atual consumista, perversa, para que o menino cresça internamente falando é necessário que os pais aprendam a dizer não em vez de sim sempre e não ter tudo nas mãos como se o objeto fosse arranjos fáceis na vida de hoje.

Segundo Piaget  criador do método “educar para crescer”! A educação diária desde o berço é a melhor forma de crescimento na formação do indivíduo, partindo do princípio que dar-se o anzol (educação) em detrimento  do pescado (as coisas) pronta.

Vamos citar um exemplo entre muitos ocorridos nesse seguimento, se os pais derem um carro ou moto etc. de presente a um adolescente sem  em primeiro lugar educa-lo, esse rapaz na maioria deles irá estragar com atitudes insanas ex: batidas e pela falta de cuidados, mal acostumado vai  querer concerto imediato  ou logo em seguida um outro, pôs não sabe de onde veio e pensa que terá tantos transportes a disposição ou não é verdade? Moral da história, o carro ou qualquer objeto  se acaba mais a Educação valorizada fica para sempre na consciência do sujeito. É mais ou menos isso.

“Leia livros o livro livra o homem e a mulher da ignorância” de: Antônio Francisco, poeta mossoroense

Por: Iram de Oliveira, Geógrafo

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...