Pais e filhos

Quando estamos entre amigos e nas reuniões em família vez por outra aponta assuntos relacionados aos nossos filhos, nesse ínterim em alguns casos percebe-se um certo desconforto dos mesmos ao mencionarmos seu melhoramento pessoal em sua presença ex: estudos, profissional etc. haja vista, bem pelo menos é o que parece que, nossos garotos não gostam de serem falado “em público”  seus feitos mais marcantes, não sabemos bem ao certo o real motivo, imaginamos que pode ser por apenas eles(as) entenderem que ainda há um longo caminho a trilhar ou seja, em seu pensar talvez o real objeto que  está em sua mente em formação, que por ventura almejam ao alcance, e a incerteza ainda de um dia chegar ao topo da benesse profissionalmente falando, enfim.

No nosso ponto de vista é importante que entendam ou que procurem compreender que para um pai é com imensa satisfação ver o filho caminhar para uma vida satisfatória no campo profissional, se dando bem na vida digamos assim, sendo que nesse caso passar para os mais chegados toda sua façanha (proeza) de então passa a ser uma maravilha que ao compartilhar lhe deixa ligeiramente lisonjeado de fato seja, muito mais melhor do que um tapa na cara.

No momento atual em que a relação pai e filho anda um tanto conturbada não seria nada mal que chegue ao entendimento entre ambos nesse sentido, sendo de forma que merece categoricamente uma boa conversa amigável em casa e resolvesse  os problemas que incomodam, de ante mão, entendemos que filhos jovens pensam diferenciado dos pais que já estão mais maduros com relação a experiência  acumulada na vida em boa parte nas pessoas.

A frase é de: Bertrand Russel -  Os nossos pais amam-nos porque somos seus filhos, é um fato inalterável. Nos momentos de sucesso, isso pode parecer irrelevante, mas nas ocasiões de fracasso, oferecem um consolo e uma segurança que não se encontram em qualquer outro lugar.

Por: Iram de Oliveira, Geógrafo     
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...