Doentes do SUS

Resultado de imagem para pacientes sus fotosA saúde do SUS

Quando se fala em SUS ninguém pensa em coisas que afetam terrivelmente a saúde do sistema de saúde. Por exemplo apenas 2% dos doentes velhos, consomem 40% das verbas do SUS. O pessoal de idade avnçada usa medicamentos apelidados pela indústria farmacêutica de “medicamentos de alto custo”. A bem da verdade os medicamentos de alto custo contempla os bebês e os aidéticos. Uma drágea de um troço desses pode custar o preço de um carro zero quilômetro. Isso é uma safadeza organizada que não é bafejada pela mídia. A Anvisa que deveria fiscalizar é um órgão capturado pela indústria farmacêutica.
Uma coisa que não existe em nosso país é medicina preventiva. Por exemplo o povo brasileiro é o maior consumidor de açúcar do mundo, anda mandando para dentro mais de sessenta quilos de açúcar por ano em média. Come apenas oito quilos de peixe, vinte e cinco quilos de arroz e dezesseis quilos de feijão. Ou seja come mais açúcar que feijão, arroz e peixe somados. Por causa disso sofre com epidemias de cárie dentária, obesidade e diabetes que estão fazendo vítimas entre as crianças.
Essa indústria, a farmacêutica, já encarou algumas CPIs federais de dezenas de CPIs municipais. É uma indústria à prova de CPIs. Creio que a primeira CPI federal foi criada no último ano do governo João Goulart. Entre as reivindicações dessa CPI estava a nacionalização da indústria farmacêutica, a criação de uma espécie de Petrobras dos fármacos. A indústria farmacêutica estrangeira foi se queixar com quem? O embaixador americano Lincoln Gordon. Poucos meses depois Jango sofre o golpe de estado de 1964.
*Fernando Antônio Carneiro de Carvalho é historiador, formado pela Universidade Federal Fluminense, autor do livro “Açúcar, o perigo doce”.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...