Fome, miséria...

Resultado de imagem para pessoas na miseria fotosAs grandes chagas da civilização

Como aceitar que, em um mundo globalizado, mais de um bilhão de pessoas passem fome, quando a natureza tem sido generosa e safras recordes se sucedam de ano para ano?
Como conceber uma pretensa Nova Era na qual 850 milhões de pessoas ao redor do mundo estejam desempregadas ou subempregadas, fazendo bicos para sobreviver? Como se ousa insinuar o novo Éden, quando há vinte milhões de nossos irmãos vivendo em acampamentos de refugiados, vítimas das várias guerras civis nos quatro quadrantes do planeta?
Onde mais de 100 milhões de “homeless” fazem das ruas, de vãos de pontes e viadutos, seus lares, vegetando, em situação muito mais precária do que os ancestrais das cavernas, pois nem estas possuem para se abrigar?
Onde crianças de oito a onze anos trocam canetas e cadernos por fuzis e metralhadoras, nas várias guerras étnicas na África e na Ásia ou são prostituídas na prática vil do “turismo sexual”? Não. Esta não pode ser, e nem é, a minha utopia. São enormes chagas, talvez incuráveis, da civilização.
*Pedro J. Bondaczuk é jornalista e escritor, autor dos livros “Por uma nova utopia”“Cronos e Narciso” e “O país da luz”.

E-mail: pedrojbk@bestway.com.br
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...