Mossoró virou uma cidade de terror

Mossoró teve ontem (sexta-feira, 11) outro dia de horror.
Foram três homicídios, além de diversos furtos e roubos, bem como um estupro.
Um dia-noite de cão.
Com mais uma pessoa morta à bala hoje (sábado, 12), o município alcança 198 neste ano, recorde absoluto em toda sua história, superando o sangrento ano de 2014, quando ocorreram 194.
O caso mais dramático dos recentes homicídios aconteceu na Ilha de Santa Luzia. Um casal trafegava de carro e três elementos sitiaram o veículo.
Aconteceu no início da noite, por volta de 18h dessa sexta-feira, nas proximidades do Cicy Lanches.
O representante comercial Alcimar Fagundes da Silva teria arrancado bruscamente, provocando a ira dos bandidos. Vários disparos foram efetuados e duas balas acertaram a cabeça de sua mulher, Silvelena Neris, 44(foto), que estava no banco do passageiro.
Ela foi socorrida por populares para a Unidade de Pronto-Atendimento do bairro São Manoel (UPA), mas não sobreviveu. Ele ficou em estado de choque. Ninguém foi preso até o momento.
Com essas mais recentes quatro mortes, Mossoró alcança a marca de 744 homicídios nos últimos quatro anos. O recorde num único ano até então era de 2014, com 194.
Em 2013 foram 188 homicídios. Em 2014, Mossoró saltou para 194.
Já em 2015 houve um decréscimo para 164 homicídios.
Agora, por enquanto, 2016 já ostenta a marca de 198.
* Com informações dos blogs Passando na Hora, O Câmera, Ismael Sousa, fonte da Polícia Militar, redes sociais e Blog Carlos Santos.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...