Câmara maldita

Montagem
Por LAURO JARDIM


Resgatar o breve histórico dos ocupantes da presidência da Câmara dá a devida dimensão da crise brasileira.

Henrique Alves é o terceiro ex-presidente da Casa a ir preso nos últimos cinco anos. Eduardo Cunha, na Lava-Jato, e João Paulo Cunha, no mensalão, foram os outros dois.

O número de ex-presidentes encrencados, no entanto, é maior: Arlindo Chinaglia, Marco Maia, Aécio Neves e Rodrigo Maia são investigados pela Ministério Público. Além deles, Aldo Rebelo foi acusado pelo delator Pedro Corrêa de receber propina por obras do Minha Casa Minha Vida.

Aliás, o próprio presidente da República, com inquérito aberto no STF, também presidiu a Câmara em duas ocasiões.

Fora do noticiário político-policial recente, ainda há os casos de Severino Cavalcanti, protagonista do mensalinho na Câmara; Efraim Moraes, acusado de empregar funcionários fantasma no Senado; e Ibsen Pinheiro, cassado pela CPI dos anões do
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...