Gilmar Mendes pelo twitter: diz que sua conta é o espaço ideal para redigir nova constituição

E
         
STF – Brasília voltou a pegar fogo no início desta semana com o surgimento de uma conta de Twitter associada ao ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes. À vontade, o magistrado provocou interlocutores, fez piada, defendeu amigos. Parecia até que estava numa sessão plenária do STF.
Assustados, muitos usuários da rede social desativaram suas contas, com medo de serem processados apenas por não seguirem o ministro. Cinco grandes escritórios de advocacia, do Rio, de São Paulo e de Brasília, contrataram funcionários encarregados exclusivamente de interagir com Mendes, alternando a publicação de “kkkkkkk’”s e de “hahahahah”s. Pouca gente soube como reagir, contudo, quando o ministro defendeu, numa de suas intervenções, a realização de uma “Constituinte de um homem só”. Diante do silêncio assustado da rede mundial de computadores, ele se explicou. Disse que sua conta era o “espaço idea l para redigir nova Constituição”, tuíte por tuíte.
“Considerando o atual estado de descrédito dos Poderes da República, situação para a qual eu em nada contribuí, por que não refazer a Carta fundamental do país monocraticamente?” Outros milhares de pessoas abandonaram suas contas ou mudaram de nome. “O que poderia ser melhor do que uma plataforma que permite a participação de todo o povo brasileiro, mediada, naturalmente, pelo mais ilibado dos juízes supremos do Brasil?”, insistiu Gilmar Mendes.
Depois de algumas horas de inexplicável silêncio, o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa achou por bem interagir com o ex-colega. O conteúdo da conversa — mais indecoroso do que um diálogo telefônico do senador Aécio Neves – não será republicado aqui. 
Postar um comentário

Mais lidas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...