O grupo político que está no poder estão comprometidos com o fim da Lava Jato

Resultado de imagem para aecio neves, michel temer, jucá ... fotosEm seu artigo na revista novos estudos cebrap, o cientista político FErnando Limongi se pergunta sobre o porquê da base de Dilma ter votado pela sua saída, sinalizando em prol de um novo governo liderado por Michel Temer. Após analisar o andamento das operações, ele alega que o congresso, todo enrolado na Lava JAto, viu em Temer a oportunidade para tentar acabar com o perigo.
Com suas prisões e vazamento de delações em momentos chaves da política (em eleição, em véspera de processo e na famigerada nomeação de Lula para a casa civil), o MPF e o Judiciário, talvez sem intenção, contribuíram para colocar um grupo no poder mais comprometido com suas próprias autonomias enquanto poderes. O raciocínio não é meu, mas do cientista político Bruno Reis. Ele também publicou artigo na mesma revista já citada.
Michel Temer, diretamente enrolado em acusações de recebimento de propina, está cumprindo o papel que lhe foi confiado, no momento em que Dilma foi derrubada. E vai ficando evidente que não se brinca  com o funcionamento das instituições.
Após colocar um ministro anti-lava jato na justiça, procura um novo procurador geral com o mesmo compromisso para substituir Rodrigo Janot.
Via: O Potiguar
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...