Religiosidade...

Vamos aqui comentar de forma resumida um assunto que está no nosso cotidiano, quando ligamos a TV, o rádio, nas ruas, no trabalho etc. está sempre presente o tema  religiosidade mas, quem sou eu para falar da fé de um povo mas, já que todos falam enfim, porque eu não?  foto: muro da lamentações Jeruzalém
                  
Quando nosso senhor Jesus Cristo habitou por essas terras, a cerca de 2 mil anos atrás, religiões já existiam evidentemente, é aclaro que não com essas denominações que vimos atualmente, conforme a santa Bíblia Sagrada ex: os faristeus, os hipócritas, gentilis etc. que faziam digo, veneravam o Deus Jeová (dente por dente, olho por olho), Cristo, pregava justamente o contrário ( o amor) revogando o passado de pensar, agir enfim. tentando de fato com o amor ao próximo, modificar costumes milenares, e por essas e outras foi duramente “combatido, criticado) pelos poderosos da época (Governantes)  e  os religiosos daquele período, como nós já sabemos, Jesus foi crucificado na cruz ,  sepultado tendo ressuscitado no 3º dia de sua morte conforme cita a Bíblia Sagrada.

Legado
Jesus Cristo, deixa a palavra de Deus, honestidade, sabedoria, caridade etc. com essas denominações que podemos levar conosco para sempre Jesus faz bastante seguidores (os Cristãos) que para eles deveriam de unir, reunir e pregar, levar a boa nova para todos os lugares de casa em casa de porta em porta a quem quiser ouvir escutar ou seguir.  E assim foi feito mais foram perseguido pelos os contrários que por ventura não aceitavam um novo estilo de vida, mudança de costumes, uma nova era, definitivamente não estavam aberto a novas idéias construtivas digamos que seja isso. Por volta de 330 dc. Constantino I, Imperador de Roma, pressionado pelo numeroso e crescente volume de fiéis cristãos, espalhados pelo Oriente Médio e Europa, sem saída, se reuniu com sua equipe e dos seguidores e fiéis cristãos, procurou de forma “sábia” para o momento legalizar o Catolicismo (Igreja Católica Apostólica Romana) nomeando Pedro, já com atrazo,   pois já havia morrido como o seu primeiro Papa da Santa Igreja. 

Idade Média
A igreja católica, cresce e se transforma num imenso Império  tornando-se proprietária através de doações, de muitas milhas  de terras, e passa acumular uma fortuna incalculável, na nossa opinião como a fama e o poder sobe  e transforma a mente dos homens, não foi diferente com o clero. A Igreja comandada por pessoas que tornaram poderosas e que parece que esqueceram o ensinamento  do homem (Jesus) O amor. Torna e toma como verdadeiro botando as suas garras de fora como cita a História contada por especialistas e escritores mundiais. Inventando moda conforme seus pensamentos e sua forma de pensar e querendo ser mais do que o Divino que tudo está como estar, os planetas e sistemas solares em seu formato natural, induzido  pela teoria de Ptolomeu, adotou o Geocentrismo, segundo essa teoria, a terra seria o centro do universo e todos os planetas inclusive o Sol,  como pôde. E no entanto, aquele que pensasse diferente  os Padres  (Inquisição) levava o sujeito a julgamento, com a prisão ou a fogueira quase certa, todos da época calaram-se. A teoria que prevalece é a teoria Heliocêntrica, em que o Sol é que de fato está no meio do sistema Solar, teoria desenvolvida por  Nicolau Copérnico (1543) foi aperfeiçoada e comprovada através de suas observações por Galileu Galilei, Kepler, e Isaac Newton, sendo que atualmente é mais aceita entre a comunidade científica.

Reforma Protestante
Martin Lutero, um padre da igreja Católica que não aceitava dos poderosos e religiosos coisa do tipo: Indulgência (consistia  no pagamento de erros praticados por pessoas que podiam pagar e assim serem perdoados por seus atos cometidos). Lutero, por protestar , ser contrário a essas e outras ações desse tipo, Martin,  foi excomungado e expulso da Igreja, decidiu evadir-se para não morrer queimado na fogueira, refugiou-se nas terras onde hoje é a Alemanha. Na Germâmia, recebeu proteção e assim, Lutero fundou o que Chamamos de os Protestantes. Outro sujeito importante nesse movimento foi, João Calvino (1509-1564), um teólogo Francês. O ILUMINISMO ou era da razão, foi um movimento cultural de elite intelectuais do Séc: XVIII na Europa, que procurou mobilizar o poder da razão, a fim de reformar a sociedade e o conhecimento prévio, promoveu o intercâmbio intelectual e foi contra a intolerância e os abusos da Igreja e do estado. Confesso e compreendemos que foi um momento de uma imensa importância de mudança na vida de um povo ou seja, o enfrentamento do poder soberano da época, em que a palavra única (do Clero), agora não era tão bem assim, podíamos também pensar diferente, questionar.
  
Mundo Moderno
No mundo contemporâneo, momento atual,
Vimos a dissiminação de várias denominações nesse sentido ex: Avivamento bíblico, Igreja Batista, 1,2,3...Igreja Mundial, Internacional,  mórmon, Universal etc. não que seja errado criar novas igrejas as leis do país da o direito para tanto mais, a mesma lei não determina critérios, investigação, é preciso entender, compreender os seus principais objetivos que deixa um pouco a desejar. Esses indivíduos que se diz ser pastores do povo de Deus, apresentam  uma criatividade uma ladinha impressionante mais, evidentemente é um tipo de criatividade que não constrói, progride, uma ideologia, objetivos aparente, sendo que, muitos dessas (Igrejas), a maioria delas só servem para arrecadar e encher os cofres dos dirigentes de dinheiro que os fiéis depositam, arrecadam milhões em dinheiro vivo. As pessoas recebem títulos de Pastor, só por saberem o blá, blá,, blá... juntar gente digo fieis, espertinhos! Sem uma formatura sem um ensino prévio  e lógico, coerente   com a posição que ocupam perante parte da sociedade enganadas, conheci um certo sujeito próximo da minha residência que batia na esposa e filhos quase todos os dias e dizia ser pastor da Igreja tal ou estava juntando dinheiro para formar Uma. Padres, vários deles metidos com a questões bastante polêmica, Pedofilia etc. a mídia está sempre divulgando casos desses tipos.

Entendemos que,  atualmente o movimento religioso realmente perdeu o sentido de sua real existência e a muito está precisando de uma nova reforma.

Não acreditamos em movimentos, principalmente no que se refere sobre questões reliogiosas, que arrecada dinheiro gente, é muito dinheiro que envolve essas denominações que se diz ser de caridade, de Deus etc. a arrecadação delas são valores exorbitantes que vem de doações dos fiéis, só acreditamos em algo que envolva todas as pessoas em volta e que o bolo seja de fato dividido entre ambas (os Participante) fora disso não podemos confiar.

Sabemos evidentemente da importância do trabalho de algumas Igrejas e de seus fiéis e abnegados que visitam hospitais, cantam e faz orações aos doentes e  ainda conseguem tirar muita gente de problemas  pessoais como doenças depressivas , alcoolismos, das drogas etc. viva...

Texto de: Iram de Oliveira      
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...