Maldita justiça...

http://2.bp.blogspot.com/_C5hH1a0i0H0/TUrHOpNRKTI/AAAAAAAAANI/rHnWgm6AyPo/s1600/STF.jpgsede do Edifício do Supremo Tribunal Federal,  Brasília DF

Não sou Advogado e muito menos trabalho na justiça, mas convivo com processos judiciais, quase, sempre tenho acompanhado alguns deles em todas as esferas da justiça. Pois bem,  no momento em que o trabalhador Brasileiro reclama através de seus advogados na justiça do trabalho, uma ação trabalhista. E se esse tal processo for contra uma empresa privada, o que entendemos, perante os Juízes estaduais e federais, o sujeito (Trabalhador) tem na maioria dos casos mais chances de ter sucesso, ganhar, receber, de seus direitos serem reparados. Na nossa compreensão  são juízes de carreira que  chegaram aquele cargo com esforço próprio não tendo de fato, compromisso com A ou B portanto mais confiável.

No caso do funcionalismo público, é parecido com o comentado acima, evidentemente, com alguns pormenores. Veja bem, quando através de entidades sindicais ou de seus advogados particulares, o funcionário de órgão público resolve entrar com uma ação, reclamação judicial ou algo mais, na esfera estadual ou federal da justiça do trabalho, as possibilidades são também, boas de obter ganho de causa. Há,uma imensa dificuldade de receber o dinheiro reclamado (ganha mais  geralmente não leva), porque o Governo é um mal pagador e faz de tudo para ludibriar, driblar a justiça, de agravo á liminares os Procuradores de estados (pau mandado) do Governo, afinal das contas ganham e muito bem para defender a instituição, sempre estão recorrendo a instâncias superiores. Assim, uma reclamação trabalhista contra o estado pode se arrastar por anos, até décadas dependendo do valor. Geralmente vai ou pode chegar até ao supremo.

As Chagas, que acaba com a esperança do Trabalhador honesto desse país ganhar alguma ação judicial contra à união

Agora, quando chega no Supremo, STF (Supremo Tribunal Federal), se á ação judicial for contra o Governo Municipal, Estadual ou Federal. Com certa influencia no governo através de políticos envolventes, já era, é quase certa a negativa nesse sentido (ação perdida) praticamente, um conselho, esqueça. A verdade seja dita, o STF, o Supremo Brasileiro é um Teatro armado, apenas para enganar, enrolar,  os desavisados. É que os juízes daquela Corte Suprema, são indicações política sem compromisso nem um com a população, na realidade são Advogados, juízes, ex-políticos etc. bem conceituados politicamente em Brasília-DF é claro, que, são indicados pelo o  Planalto a  ocupar, o Cobiçado cargo Vitalício, de Ministro do Supremo Federal, com o único objetivo de cobrir, camuflar etc. “dentro da Lei” a imensa dívida que os Governos tem com a sociedade Brasileira. isso comprova que a Justiça Brasileira diz que é cega, mais olha  envergonhada, por baixo da fenda. é bom lembrar que no meio dos ruins existe algo  bom, para eles. essa é a nossa opinião.

Texto:  Iram de Oliveira    
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...