Papa Francisco: fez crítica ao sistema capitalista

O Papa Francisco declarou que o Capitalismo gera muita produção, resultando até em excesso de consumismo, devido à má distribuição da grande renda gerada. Uns se dão ao luxo de jogar comida fora, enquanto outros passam fome por não terem emprego.Por: Flávio José Bortolotto
E hoje não há emprego para todo mundo, especialmente na Europa, entre os jovens. O Papa sabe que as Leis de Produção do Capitalismo são imutáveis como as Leis da Natureza, já demonstradas em todos os Manuais de Economia Política, desde o grande Adam Smith (1776).

Mas o Papa sabe que a distribuição do Produto gerado é feita pelo Homem, e pode ser qualquer uma. No entanto, deve ser aquela que a Sociedade considera “a mais justa” Por isso, os católicos exigem pleno emprego e salários com participação nos altos lucros obtidos. Corretíssimo.

O Papa não tocou no assunto, mas explicar que a Produtividade (Produção por Hora Trabalhada) venha crescendo, nos últimos 20 anos, à base de aproximadamente 3% ao ano, enquanto a Média Salarial, também, nesses últimos 20 anos continua totalmente estagnada, em termos de poder de compra, para quem consegue emprego.

O Papa Francisco está certo em pedir uma boa regulação para o Capitalismo de Mercado. Quem o critica desconhece (ou tenta desconhecer) a realidade.

Artigo publicado no site Tribuna da Internet
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...