Brasil: ida sem volta

O Brasil optou pelo capitalismo consumista neoliberal, um sistema que foi criado pelos ingleses e disseminado no mundo pelos americanos, “Américan way of life” (jeito americano de viver) que consequentemente foram absolvendo gradativamente pelas nações europeias parte da Ásia e pelos países menos desenvolvidos entre esses o nosso; que portanto, sem saída aparentemente no período da segunda guerra mundial entendeu que deveria seguir os aliados em detrimento dos opositores na época, enfim.

Pois bem, de certa forma no momento escolheu “bem” mas pós guerra, houve o período da guerra fria com o surgimento das duas potências mundiais E.U.A e União Soviética, no entanto sem investimento assíduo em educação e tecnologia o Brasil “tornou-se” embora sempre tenha sido agora mais ainda, um país totalmente dependente até hoje do mercado estrangeiro americanizado.  

Assim, quem depende dos outros obedece as imposições, regras dos mandantes ou não é verdade? É assim que funciona no mundo globalizado; diante disso, na medida que apertar o cinto ou folgar (Arruinar ou melhorar respectivamente); economicamente falando nos países detentores do capital os chamados G7, afeta toda a cadeia produtiva global, é claro incluindo o Brasil, nesse caso para se adequar “resolver” os problemas econômicos que são assustadores, medidas impopulares  serão tomadas, geralmente os mais penalizados são os trabalhadores e familiares ou seja, os pobres em si, os mais carentes, a massa que paga a conta e o prejuízo cai sempre nas costas dos mais “fracos”, infelizmente.         

No neoliberalismo selvagem o capital “manda” e desmanda na economia já que o estado tende a diminuir os investimentos sociais no entanto, caberá ao próprio sujeito seja quem for que esteja inserido nesse sistema, pagar pelos seus benefícios se quiser ter, possuir, usufruir etc. a partir dai “ninguém” dar nada a seu “ninguém”, uma espécie de se vire! Infelizmente.

Para finalizar o Brasil, como muitos outros países se meteu nessa e desde então podemos afirmar sem sombra de dúvida, deverá continuar nessa peleja, sofrimento de seu povo sem fim, numa ida sem volta, é isso.

Por: Iram de Oliveira, Geógrafo


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...