Justiça condena vereadores e ex-vereadores na "Sal Grossso" em Mossoró

Resultado de imagem para predio da camara municipal de mossoró fotosAlém de Manoel Bezerra, Izabel Montenegro e Claudionor dos Santos também foram condenados a perda de mandatos e prisão de cinco anos

O juiz Cláudio Mendes Junior, titular da 3ª Vara Criminal, em novo julgamento da Operação Sal Grosso, incluiu o vereador Manoel Bezerra de Maria (PRTB) na lista dos mandatos cassados.
Ele se junta aos colegas Claudionor dos Santos (PEN) e Izabel Montenegro (PMDB), que já haviam sido cassado na decisão anterior 

Além de ter o mandato cassado, Manoel Bezerra, assim como Claudionor e Izabel, sofre pena de mais de cinco ano de reclusão, que deve ser cumprida em regime semiaberto, segundo a decisão de Mendes.
O juiz também ratificou a condenação do ex-vereador Júnior Escóssia, que era presidente da Câmara Municipal de Mossoró quando estourou o escândalo da Sal Grosso. Ele foi condenado a seis anos e quatro meses de reclusão, 31 dias de multa no valor de dois salários mínimos cada, e a perda do cargo de auditor fiscal do município.

Ainda foram condenados os ex-vereadores Osnildo Morais (PHS), Gilvanda Peixoto, Aluízio Feitosa (PTD), Benjamim Machado (PR) e Daniel Gomes (PSD), com penas de cinco anos e quatro meses de reclusão.

Com informação do Blog César Santos- Portal Defato.com
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...